O misterioso sumiço do porteiro Ildo

A história aconteceu logo depois do concurso 983 da Mega. Eu estava saindo de casa correndo, tinha que encontrar minha namorada no supermercado. Quando estou passando pela portaria do prédio, Ildo – o porteiro – interrompe meus passos com uma exclamação:

– Caaaara! Tu não sabe o que aconteceu comigo!

Puta merda, tou atrasado e lá vem esse cara fiar. Olho para o celular, olho pra porta, pego as chaves no bolso, não vou dar bola, porra, vou dar bola sim, coitado do cara.

– O que houve, mestre?
– Baaaah, olha só.

Ele me mostra alguns talões da mega. Na hora não consegui fazer uma combinação daqueles talões com o resultado do sorteio. Ele continua:

– Tu sabe, tchê, que um amigo meu jogava sempre o mesmo jogo. Só calibre de arma. Trinta e oito, vinte e dois.
– Bah, olha que no último sorteio saíram alguns.
– Pois é, esse meu amigo disse que não ia mais jogar nesses números e falou pra mim jogar. Me deu até esses talões pra eu não esquecer.

Eu olhei de novo pros talões. E lembrei do resultado. Bah, o seu Ildo tá rico, desgraçado.

– E não é que eu não joguei. Saiu lá pra Santa Catarina.
– Eu não acredito.

Ele apenas balançou a cabeça com uma dor, acho que aquela que o cara sente quando descobre o tal do câncer no saco. Eu fiquei impressionado e marquei uma entrevista com ele, pra colocar aqui no blog.

O problema
: seu Ildo desapareceu. Faz dois dias que não vejo o cara. Deve estar fazendo uma quimeoterapia na cachaça.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: